Gestão Estratégica

Novos líderes: conheçam 5 dicas para ser um bom líder de equipe

Novos líderes: conheçam 5 dicas para ser um bom líder de equipe

Publicação : 06/06/2017

Por Siteware Siteware

7 min

Uma das partes mais emocionantes – e assustadoras – durante as transições na carreira profissional é se deparar com o gerenciamento pela primeira vez. Independentemente de você estar na fase das entrevistas ou a um passo de uma promoção, aqui vão cinco dicas para ser um bom líder de equipe que te colocarão num caminho de sucesso:

5 dicas para ser um bom líder de equipe em sua empresa

1. Estabeleça uma filosofia de liderança

Entenda que liderança é mais sobre produzir outros líderes do que sobre conseguir seguidores. Um grande líder é alguém empenhado em trazer outros para onde ele está, e é por isso que a primeira recomendação é pensar muito sobre sua filosofia de liderança.

Você se sente animado e capacitado porque agora você tem a autoridade para dizer às outras pessoas o que fazer – ou você está mais animado com a perspectiva de ajudá-las a chegar onde desejam?

2. Foque no dia a dia

O objetivo a longo prazo da boa liderança é construir uma equipe notável ao seu redor para criar a próxima geração de líderes, esses que serão capazes de superar seu próprio desempenho. Os melhores líderes também são os melhores mentores.

Mas o trabalho diário de gerenciamento e liderança envolve lidar com recursos limitados, como dinheiro, tempo e pessoas. Você está colocando as áreas certas em destaque? Elas te dão uma visão a longo prazo? Você está analisando seu tempo em termos de efeitos e retornos?

Uma das melhores dicas para ser um bom líder de equipe é fazer um acompanhamento mensal para ver como o tempo investido foca (ou não) nas principais prioridades.

Falando nisso:

3. Fale com clareza sobre suas prioridades

Com certeza suas habilidades de comunicação te ajudaram durante a carreira, mas agora elas são mais importantes do que nunca.

Durante as reuniões, seja o mais claro possível sobre suas principais metas, e se pergunte sempre: esta reunião pretende informar, receber sugestões ou obter aprovação? Ao conseguir essa resposta, será mais fácil criar um entendimento geral do que está sendo proposto.

Em reuniões e fóruns, sempre que possível, aproveite a oportunidade para esclarecer seu maior objetivo, e qual das suas principais prioridades é necessária para cumprir essa finalidade. Seja consistente com seu propósito e suas prioridades.

Uma dica importante que podemos aprender com grandes CEO é: nunca tenha mais de cinco prioridades.

Desenvolva as primeiras com sua equipe e então, depois de conseguir retirar ao menos uma da lista, você poderá adicionar outras. (Não é por acaso que este artigo foca em apenas cinco coisas para se concentrar! Uma vez que esses cinco se tornarem confortáveis, existirão outros para você enfrentar.)

4. Defina valores e padrões comuns para todos

É importante que os líderes e colaboradores se unam para criar e praticar um conjunto de padrões comuns. Valores importantes que podem ser integrados numa boa liderança são verdade, compaixão e integridade.

Fundamentando-se na verdade e, principalmente, no autoconhecimento, você e sua equipe estarão mais propensos a desenvolver a capacidade da compaixão, que ajudará a criar uma mentalidade aberta, generosa e sem julgamentos na organização.

A integridade, por sua vez, deverá transformar o significado de sucesso para além de simplesmente ganhar, levando em consideração também a satisfação dos líderes ao perceber o crescimento de sua equipe e a superação de expectativas.

5. Lembre-se: é normal se sentir assustado e vulnerável

Parte do empreendedorismo, da gestão e da liderança é se sentir dividido entre vulnerabilidade e convicção. Essa é uma das mais importantes dicas para ser um bom líder de equipe: Nenhum de nós consegue estar completamente confiante de que estamos 100% no caminho certo.

Por outro lado, desde o momento em que chegamos ao trabalho pela manhã, somos chamados a inspirar confiança nos outros.

Uma forma de perder o medo é reconhecer que a vulnerabilidade está presente em todas as áreas, e que ela tem o poder de criar potencial para uma mudança positiva. Para os novos líderes e gerentes, o desafio e a oportunidade vem de reconhecer com humildade que ninguém é invencível.

Também vem de dar aos membros da equipe a confiança de que as decisões estão sendo tomadas de forma equilibrada e ponderada, e de mostrar que, no final, a abordagem mais estratégica é aquela com a base mais forte e o potencial para o sucesso.

Negócios e gestão não são diferentes de qualquer outra coisa na vida – você só pode controlar o que você pode ser controlado, e se você não consegue aceitar que a liderança pode ser solitária e duvidosa em grande parte do tempo, bem, você pode não estar pronto para ser um líder. Independentemente disso, comemore e abrace sua vulnerabilidade, porque se você não sentir nem um pouco dela, provavelmente você não está se esforçando o suficiente.

O que achou das dicas para ser um bom líder de equipe? Com elas você estará mais preparado para os desafios da gestão! Nos siga nas redes sociais — estamos no Facebook, no Twitter e no LinkedIne compartilhe para que mais pessoas possam se beneficiar dessas dicas!

Texto adaptado daqui por:

Luiza AndradeEstudante de Jornalismo e estagiária de marketing na Siteware. Amante de fotografia, artes e aspirante à redatora.