Gestão de Equipe

O que é flexibilidade no trabalho: definição, aplicação e principais vantagens

O que é flexibilidade no trabalho: definição, aplicação e principais vantagens

Publicação : 16/10/2019

Por Siteware Siteware

7 min

Carga horária rígida, presencialidade obrigatória e férias fixas são algumas características do modelo de trabalho tradicional e que vêm sendo repensadas pelas organizações.

Cada vez mais as empresas estão percebendo que existem outras alternativas mais flexíveis para a execução de tarefas. Essa desconstrução se reforça com a chegada das gerações Y e Z no mercado de trabalho.

De acordo com um levantamento feito pelo International Workplace Group (IWG), 83% dos entrevistados acreditam que a flexibilidade no trabalho é fator decisivo na hora de aceitar uma proposta de emprego.

A pesquisa, que ouviu 15 mil entrevistados em mais de 100 países (incluindo o Brasil) no início de 2019, revelou também que a maioria significativa (85%) dos respondentes relaciona o aumento na produtividade à maior flexibilização no trabalho.

Mas, afinal, o que é flexibilidade no trabalho? Quais suas características? E suas vantagens?

Continue a leitura e confira a resposta para essas perguntas nas próximas linhas.

Leia também: Confira 4 cases de ações inovadoras no ambiente de trabalho e saiba como elas podem ajudar a sua empresa a alcançar melhores resultados

O que é flexibilidade no trabalho?

Podemos definir o que é flexibilidade no trabalho como uma negociação que é feita entre líder e liderado sobre quando, onde e como determinadas funções serão realizadas.

A flexibilidade é uma alternativa ao modelo tradicional mais rígido e pouco maleável das relações trabalhistas.

Ela se refere a uma série de acordos entre funcionário e empregador cujo objetivo é atender às necessidades individuais do profissional e organizacionais. A intenção da flexibilidade é fazer com que as rotinas de trabalho sejam vantajosas para ambas as partes.

Por meio da flexibilização, os colaboradores passam a ter mais autonomia sobre sua carga horária semanal, bem como suas metas de produção.

Dessa forma, sobra mais tempo para cuidar de assuntos pessoais e promover um equilíbrio melhor entre vida privada e profissional.

Saiba mais: Conheça as 5 principais tendências na gestão de pessoas

Como funciona a flexibilidade no trabalho?

Implementar uma rotina de trabalho flexível não precisa ser uma obrigatoriedade para as empresas. De fato, há colaboradores que preferem ter uma rotina mais bem definida, com horários, local de trabalho e métodos já estabelecidos.

A implementação ou não da flexibilidade vai depender basicamente do perfil dos colaboradores, da natureza das atividades e da necessidade da empresa.

Caso você opte por flexibilizar o trabalho na sua organização, é importante que você conheça os 3 principais modelos de horário.

  • Fixo variável: a empresa sugere diferentes turnos para o colaborador escolher um deles;
  • Variável: o colaborador define seu horário de entrada e de saída e precisa cumpri-lo diariamente;
  • Livre: o colaborador não tem um horário fixo para entrada e saída. Ele só precisa cumprir a carga horária diária ou semanal definida pela empresa.

Há também a opção de home office, que é quando o colaborador realiza as suas funções em casa, sem precisar se deslocar para a empresa.

Confira em nosso blog: 10 dicas para motivar funcionários e conseguir melhores resultados em seu negócio

As principais vantagens da flexibilidade no trabalho

Agora que você já sabe o que é flexibilidade no trabalho e como ela funciona, veja a seguir algumas das principais vantagens que podem te convencer a implementar essa prática na sua empresa.

Maior retenção de talentos

Ao oferecer para os seus colaboradores a possibilidade de flexibilizar a carga horária de trabalho, você tende a aumentar a retenção de talentos. Isso porque, como vimos lá no começo deste artigo, cada vez mais os profissionais estão priorizando empresas menos engessadas e mais flexíveis para trabalhar.

Melhoria na reputação da marca

A adoção de políticas flexíveis no local de trabalho demonstra que a sua empresa se preocupa com o bem-estar de seus funcionários e está comprometida em ajudá-los a alcançar um melhor equilíbrio entre a vida pessoal e a profissional.

Isso é bastante benéfico para a imagem e reputação da empresa no mercado.

Redução de custos

Quando a empresa permite que o colaborador trabalhe de casa, por exemplo, ela estará reduzindo custos com material de escritório, eletricidade, água, telefone, locomoção e até mesmo alimentação.

Maior satisfação dos funcionários

Quando os funcionários têm a liberdade para fazer seus próprios horários, eles conseguem conciliar melhor suas obrigações profissionais com sua vida pessoal.

Isso gera maior satisfação com o trabalho, pois o colaborador poderá ter mais tempo para se dedicar a família, amigos, praticar atividade física e lazer.

Aumento da produtividade

A produtividade é outra vantagem da flexibilização no trabalho e também consequência da vantagem anterior. Funcionários satisfeitos com suas funções e com sua rotina de trabalho tendem a se dedicar mais às suas atividades.

Mais felizes por conseguirem fazer seus próprios horários e evitar perda de tempo e desgaste emocional no trânsito, eles passam a se comprometer melhor com a entrega de resultados. E isso impacta positivamente na produtividade.

E aí? Gostou de saber mais sobre o que é flexibilidade no trabalho? Está pensando em implementar essa prática na sua empresa?

Veja também: Home Office aumenta a produtividade? Que tal pagar para ver?

O STRATWs One é um software de gestão de performance corporativa. Com ele é possível acompanhar a performance dos funcionários em tempo real. Assim é mais fácil perceber se a flexibilidade no trabalho está trazendo os resultados esperados.

Revolucione a gestão da sua empresa com o STRATWs One

Daniella DoyleJornalista e Publicitária de formação, está no mercado há mais de 15 anos com foco em gerar resultados para empresas B2B por meio de estratégias online e offline. Adora uma nova tendência e trabalhar com métricas e metas. É gerente de marketing na Siteware e, quando sobra um tempinho, aproveita para tricotar e pintar!

Quer conhecer mais técnicas de gestão de pessoas? Então, baixe nosso e-book gratuito: Matriz de competências e o RH estratégico

Deixe uma resposta


O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *